segunda-feira, 31 de agosto de 2020

Operação ajuda bolsonarista no PSC do Rio

Otoni de Paula tentará ganhar espaço para disputar a prefeitura do Rio de Janeiro

© Reprodução - Facebook
O deputado federal bolsonarista Otoni de Paula (PSC) quer aproveitar o afastamento do governador do Rio, Wilson Witzel, e a prisão do presidente da sigla, Pastor Everaldo, para ser escolhido pelo partido como candidato à prefeitura do Rio de Janeiro em convenção que será realizada nesta segunda-feira. Até então, a juíza Glória Heloiza, que tinha o apoio de Witzel, era favorita dentro da sigla. A escolha será feita pela executiva municipal do partido.
Otoni chegou a tentar o apoio do presidente Jair Bolsonaro para a disputa, mas a aproximação entre o clã presidencial e o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) esfriou esse movimento - Bolsonaro tem feito diversos acenos a Crivella. O senador Flávio e o vereador Carlos Bolsonaro, por exemplo, se filiaram à legenda do prefeito, que tem nesse vínculo recente com o bolsonarismo o principal trunfo para driblar a impopularidade e tentar a reeleição.

Glória Heloíza, por sua vez, busca se desvencilhar dos caciques do partido e vê machismo nas tentativas de classificar Witzel e Everaldo como seus "padrinhos". Para ela, que prega o diálogo e quer concentrar a campanha na geração de emprego pós-covid, as acusações contra eles não podem influenciar a convenção da legenda. "Se eu estive com o governador três, quatro vezes, foi muito. Eu tenho DNA e CPF próprios." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo