quarta-feira, 8 de setembro de 2021

As suas mensagens de WhatsApp não são tão privadas como pensa

A empresa tem trabalhadores independentes que se encarregam de investigar queixas e denúncias

 

© Reuters


O Facebook sempre enalteceu a privacidade das comunicações mantidas pelo WhatsApp, apontando até para o fato de a app contar com encriptação para proteger a privacidade e segurança dos usuários.

Porém, uma investigação do ProPublica indica que o Facebook emprega centenas de pessoas com o objetivo de ler e moderar as mensagens trocadas através do WhatsApp. A investigação destaca que o Facebook tem “mais de mil trabalhadores independentes em escritórios em Austin (EUA), Dublin (Irlanda) e Singapura onde examinam milhões de conteúdos dos usuários”.

O papel destes moderadores será analisar os conteúdos reportados pelos utilizadores e algoritmos do WhatsApp. Assim que são reportados, estes conteúdos deixam de estar abrangidos pela encriptação da app, ficando então disponíveis para os moderadores.

“Desenvolvemos o nosso serviço de forma a limitar os dados que recolhemos enquanto mantemos a capacidade de prevenir, investigar ameaças e banir aqueles que têm o pior tipo de abuso. Valorizamos a nossa confiança confiança e segurança na equipa que trabalha sem descanso para oferecer a mais de dois bilhões de usuários a capacidade de comunicar de forma privada”, pode ler-se no comunicado do WhastApp partilhado pelo Business Insider.

Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo