sábado, 15 de janeiro de 2022

Brasil supera 100 mil casos diários de covid-19, com 112.286 registros em 24h

O número diário de registros em 24 horas supera 100 mil e é o terceiro maior desde o início da pandemia

© Bing Guan/Bloomberg via Getty Images

O Brasil registrou, entre a quinta-feira, 13, e esta sexta-feira, 112.286 novos casos de covid-19, de acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) divulgados neste dia 14 de janeiro. Com o avanço da variante Ômicron, o número diário de registros em 24 horas supera 100 mil e é o terceiro maior desde o início da pandemia.

O total só é menor do que em 18 de setembro de 2021, com 150.106 casos, e 23 de junho do ano passado, com 115.228 casos. À época, os picos de casos foram ajustes feitos na compilação de números após falhas no sistema, o que acumulou os dados para esses dias específicos.

O total entre a quinta-feira e a sexta-feira é ainda 1,77 vez maior que o registrado uma semana atrás. Em 7 de janeiro foram 63.292 novos casos.

A média móvel de novos registros nos últimos sete dias atingiu 68.140 casos, a maior desde 28 de junho de 2021, quando a média móvel ficou em 68.796 casos.

O total de casos de covid-19 chega a 22.927.203 desde o início da pandemia, de acordo com o Conass.

Mortes

O levantamento do Conass, que compila dados de secretarias de Saúde dos 26 Estados e do Distrito Federal, apontou 251 óbitos causados pela covid-19 entre a quinta-feira e esta sexta-feira.

A média móvel de sete dias foi a 139 óbitos, ante 129 na quinta-feira e 109 óbitos de média móvel em 7 de janeiro, uma semana atrás.

Com isso, o País acumula 620.796 vidas perdidas para a doença.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo