sábado, 8 de janeiro de 2022

Ganhos de até R$ 10 mil por mês e autonomia: especialista pontua as possibilidades do mercado de afiliados

Em meio ao desemprego, muitos brasileiros têm buscado alternativas, como o trabalho de indicação de produtos e serviços pela internet 


O Brasil inicia 2022 com as taxas de desemprego nas alturas. Segundo o último levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 12,9 milhões de brasileiros continuam sem trabalho. Em meio a essa crise, muitas pessoas têm buscado alternativas para gerar renda, seja abrindo o próprio negócio ou partindo para a informalidade.

No mercado virtual, também há oportunidades de trabalhar de forma autônoma e conseguir ganhos. Segundo Egídio Ely, idealizador e fundador do site Bomdemarca, qualquer pessoa com interesse na área comercial pode ganhar dinheiro com vendas online, no contexto do programa de afiliados, que consiste em um sistema de recompensa mantido por lojas virtuais e empresas de serviços, cujos pagamentos são realizados mediante a indicação de clientes.

Ou seja, o valor pago ao afiliado nada mais é do que um percentual de vendas geradas, que também é chamado de comissão. O negócio como afiliado permitiu que Ely conseguisse independência financeira. Mas o caminho não foi fácil, ele precisou estudar muito e ter coragem.

“Eu trabalhava em um serviço formal, tinha carteira assinada e tudo, e na parte da noite encontrava tempo para aprender sobre afiliados. Depois de quatro anos trabalhando nesse ramo, consegui deixar meu emprego e focar só no meu negócio como afiliado”, comenta o especialista, que atua no mercado de afiliados desde 2011.

Possibilidades e dificuldades no mercado de afiliados

Apesar de oferecer muitas possibilidades — como trabalhar em casa, abrir o próprio negócio sem muito investimento e ganhar dinheiro indicando produtos e serviços de grandes marcas na internet —, Ely alerta que ser afiliado é um desafio que, muitas vezes, demanda paciência, persistência e capacitação.

“Eu sempre gosto de pontuar o lado positivo e os desafios para quem acessa meus conteúdos. Sim, é verdade que existem pessoas ganhando mais de R$ 10 mil por mês com programas de afiliados, mas não é possível garantir que todos vão conseguir essas cifras nem prometer resultados”, comenta.

O especialista observa que o começo é realmente difícil para quem deseja trabalhar como afiliado e que o caminho dos ganhos envolve muito estudo e empenho.

“Geralmente, quem inicia não sabe muito bem por onde começar, não sabe como fazer a primeira venda e pode acabar desanimando. Mas existe um método comprovado, testado por especialistas experientes, que aumenta as chances de o negócio dar certo. É preciso buscar esse conhecimento e se preparar”, afirma.

Dicas para quem deseja ser um afiliado

Para quem pretende entrar no mercado de afiliados, Ely recomenda algumas dicas práticas, como:

  • Estudar muito o que significa um programa de afiliados e como ser um afiliado;
  • Iniciar aos poucos, buscando a renda extra e complementar, antes de “entrar de cabeça” no negócio;
  • Pesquisar e conhecer os melhores programas de afiliados;
  • Ter paciência, persistência e buscar capacitação.

No site Bomdemarca, o especialista fornece uma série de dicas e conteúdos sobre o mercado de afiliados. Segundo ele, os materiais são exclusivos para quem deseja se tornar afiliado. “Minha missão é ajudar quem está no começo, buscando saber mais sobre o assunto”, finaliza.

Gustavo Silva/hedgehogdigital

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo