segunda-feira, 16 de novembro de 2020

Menino de quatro anos perde o pai e a mãe, ambos vítimas da Covid-19

Os pais morreram com diferença de meses

© NBC NEws

Raiden Gonzalez vai completar cinco anos este mês, uma data que ficará, contudo, marcada pela ausência dos seus pais.


Adan Mariah Gonzalez morreram vítimas de Covid-19. Mariah morreu no mês de outubro, apenas alguns meses depois de a pandemia ter matado o seu marido.

O menino está agora aos cuidados da avó, Rozie, que à NBC News conta que a criança está sempre dizendo que o seu maior desejo é ter os seus pais de volta.

"O que lhe posso dizer? Apenas lhe digo que os pais agora são anjos que estão sempre olhando por nós e nos protegendo", afirma Rozie.

A tragédia na família aconteceu quando um colega de trabalho de Adan, que era caminhoneiro, testou positivo à Covid-19. Teria sido esse amigo quem contagiou o pai da criança, que foi internado no dia 3 de junho. Quando Adam deu entrada no hospital, os médicos afirmaram que este era um dos piores casos que tinham em mãos e, dias depois, especificamente em 23 de junho, acabou falecendo. Tinha 33 anos.

Mariah, de 29 anos, começou a sentir doente no começo de outubro. Horas depois dos primeiros sintomas, acabou falecendo. Só na autópsia descobriram que estava infectada.

Devastada com a situação, Rozie sente, contudo, que não pode baixar os braços, porque tem em mãos a educação de uma criança que é quem lhe tem dado a força para seguir em frente. "Ele é muito carinhoso e está sempre dizendo o quanto gosta de mim", afirma a avó, cujo objetivo é conseguir preparar uma festa de aniversário que permita que o neto possa, pelo menos por momentos, esquecer a tragédia que aconteceu.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo