sábado, 12 de junho de 2021

ANP: preço médio do etanol sobe em 18 Estados na semana

 

Nos postos pesquisados pela ANP em todo o País, o preço médio do etanol subiu 1,25% na semana ante a anterior, de R$ 4,334 para R$ 4,388 o litro

© DR


Os preços médios do etanol hidratado subiram em 18 Estados na semana de 6 a 12 de junho, de acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo AE-Taxas. Houve queda em outros sete Estados e no Distrito Federal. Não houve apuração no Amapá. Nos postos pesquisados pela ANP em todo o País, o preço médio do etanol subiu 1,25% na semana ante a anterior, de R$ 4,334 para R$ 4,388 o litro. Em São Paulo, principal Estado produtor, consumidor e com mais postos avaliados, a cotação média do hidratado ficou em R$ 4,191 o litro, alta de 1,67% ante a semana anterior.


O preço mínimo registrado nesta semana para o etanol em um posto foi de R$ 3,097 o litro, em São Paulo, e o menor preço médio estadual, de R$ 4,155, foi registrado em Mato Grosso. O preço máximo, de R$ 6,595 o litro, foi verificado em um posto do Rio Grande do Sul. O maior preço médio estadual também foi o do Rio Grande do Sul, de R$ 5,695.

Na comparação mensal, o preço médio do biocombustível no País subiu 9,97%. O Estado com maior alta no período foi o Rio Grande do Norte, onde o litro subiu 18,76% no mês. Na apuração semanal, a maior alta de preço foi observada em Goiás, com alta de 3,68%.

Etanol X Gasolina

O etanol foi menos competitivo em relação à gasolina em todos os Estados do País - exceção do Amapá, onde não houve levantamento - e no Distrito Federal nesta última semana, conforme levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo AE-Taxas.

Os critérios consideram que o etanol de cana ou de milho, por ter menor poder calorífico, tenha um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso. Na média dos postos pesquisados no País, o etanol não está competitivo, com paridade de 77,31% ante a gasolina.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo