quinta-feira, 31 de março de 2022

Doria disse a aliados que se sente abandonado pelo PSDB

 

A troca de candidatos vem sendo capitaneada por um grupo composto, entre outros, pelo deputado federal Aécio Neves (MG), o senador Tasso Jeiressati (CE) e o suplente de senador José Anílbal (SP).

© Reuters

FÁBIO ZANINI (FOLHAPRESS) - O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse a aliados políticos nesta quarta-feira (30) que tomou a decisão de desistir da candidatura presidencial porque se sente abandonado pelo partido.

Lideranças tucanas importantes vêm se articulando há meses para que ele seja substituído na campanha pelo governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB). Para o paulista, que venceu a prévia contra o gaúcho no ano passado, isso seria um golpe.

A troca de candidatos vem sendo capitaneada por um grupo composto, entre outros, pelo deputado federal Aécio Neves (MG), o senador Tasso Jeiressati (CE) e o suplente de senador José Anílbal (SP).

Doria, por sua vez, recebeu o apoio do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e do senador José Serra (SP).

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo