quarta-feira, 30 de março de 2022

'Dragão desgraçada de feia, carvão queimado', diz vereador de Tatuí a mulher

Depois do vazamento das mensagens, a vítima registrou boletim de ocorrência. A mulher, que decidiu preservar a identidade, chegou a ser ameaçada no local de trabalho pelo vereador.

© Reprodução

O vereador Claudio dos Santos (PSL), mais conhecido como Claudião Oklahoma, parlamentar da Câmara Municipal de Tatuí, cidade a 135 quilômetros de São Paulo, foi acusado de misoginia e racismo após proferir xingamentos em um grupo de WhatsApp contra uma mulher.

Conforme depoimentos de testemunhas ao Estadão, as mensagens foram feitas na última sexta-feira, 25. Com a repercussão do caso, movimentos antirracistas e feministas lançaram um abaixo-assinado na segunda-feira, 28, exigindo a cassação do vereador.

A petição já reúne mais de 2 mil assinaturas. Em nota, Claudio afirmou ser vítima de fake news e que as mensagens compartilhadas "se tratavam de montagens para me prejudicar".

Segundo informações das fontes ouvidas pela reportagem, as ameaças foram motivadas por causa de um atrito político que o vereador possui com o esposo da vítima, que faz parte da oposição. "Dragão desgraçada de feia, carvão queimado" e "chita". Essas foram algumas das ofensas enviadas pelo parlamentar em um grupo da cidade. Além dos xingamentos direcionados à vítima, Claudio também desferiu agressões verbais contra o filho da mulher. "É tão feio que acho que criaram a placenta e jogaram o feto fora".

Depois do vazamento das mensagens, a vítima registrou boletim de ocorrência. A mulher, que decidiu preservar a identidade, chegou a ser ameaçada no local de trabalho pelo vereador. Na ocasião, ele teria intensificado os xingamentos e constrangido a vítima na frente de outras pessoas. Vídeos e áudios que registram a cena estão em segredo de justiça.

O abaixo-assinado deve ser apresentado na próxima Sessão Ordinária da casa legislativa municipal na segunda-feira, 4. O objetivo do documento, é realizar uma "mobilização publicamente" para pressionar outros vereadores a se posicionarem, segundo Karolayne Delgado, integrante do Núcleo Feminista Rosas da Revolução. Além disso, os movimentos vão enviar um requerimento formal para pedir a cassação por quebra de decoro parlamentar.

Na internet, Claudio afirma que usa "as redes sociais para acabar com o resto de reputação que resta", como escreveu no seu perfil oficial no Instagram. O último post feito por ele, datado no dia 17 de março, já possui mais de 100 comentários. A maioria deles são de internautas que acusam o parlamentar de racismo. "Qual é a conduta legal frente a um político racista?", escreveu um deles.

Na linha de frente do abaixo-assinado estão: o Coletivo Alvorada Antirracista, o Núcleo Feminista Rosas da Revolução, Coletivo Evangélico Progressista A Verdade Liberta, Coletivo JUNTAS, Cia de Opinião, PLP de Tatuí (Promotoras Legais Populares), Subsede de Tatuí APEOESP e SindServ (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Tatuí e Região), Companhia de Maria, Coletivo JOANAS, além da Comissão da Mulher Advogada e dos Direitos da Mulher e Comissão de Diretos Humanos da OAB Subseção de Tatuí, Secretaria de Mulheres do PT Tatuí e o Núcleo Afro Feminino.

No documento, as entidades afirmaram que a conduta do parlamentar é "incompatível com o que se espera de qualquer ser humano e, principalmente, de um suposto representante do povo de Tatuí".

COM A PALAVRA, O VEREADOR CLAUDIÃO DOS SANTOS

"Na data de ontem (28) tomei conhecimento sobre as narrativas vinculadas em grupos de whatsapps e nas redes sociais, que em breve resumo apresentava uma montagem de capturas de mensagens contendo imagens que supostamente se referiam a comentários ofensivos vinculados a minha pessoa.

Ao receber o conteúdo, e ao ser procurado, verifiquei que se tratava de montagens para me prejudicar, sem qualquer nexo e/ou verdade, produzidos por um desafeto que há tempos vem atacando eu e minha família, por razões políticas, principalmente por não ter cedido a pressões políticas para beneficiar - ilicitamente - tal pessoa.

Nestes ataques, foram veiculadas imagens, inclusive de meus filhos menores e de minha esposa, além de frases ofensivas contra terceiros, satirizando iniciativas de leis de minha autoria, e principalmente, me atacando como pessoa, produzindo "memes" e "figurinhas", inclusive ironizando meus problemas de saúde em relação à obesidade. Em certa feita, chegou a confessar que faria montagens de cunho "racista" buscando me incriminar.

Importante frisar que a pessoa por trás desta manobra, utilizou a própria esposa para deflagrar as campanhas sociais, e inclusive, produziu conteúdo contra a ex-prefeita deste município, ironizando seu falecimento, atacando diretamente a filha e o marido, e mais, conhecido no meio político por criar "fake news", e mais, respondendo à processos/procedimentos por criar tais conteúdos, inclusive, se intitula "destruidor de reputações".

Além de que, é possível verificar que em todo o conteúdo publicado, há divergência de identidades relacionada aos números supostamente conexos a mim, demonstrando claramente que o material teria sido fabricado com o único intuito político de desmoralizar minha imagem, pois, até o momento, não recebi nenhuma comunicação oficial de nenhuma autoridade, que exija minha manifestação oficial, seja por mim, por minha assessoria ou por meu jurídico.

Consigno que sou totalmente contra qualquer discriminação, e aqueles que acompanham meu trabalho são conhecedores desta afirmação, e mais, repúdio qualquer situação neste sentido, que venha a ofender qualquer classe, etnia, raça, gênero, enfim. Coloco-me a disposição, da imprensa, das autoridades para quaisquer esclarecimentos, e que, em eventual abertura de procedimento, processo ou similar, estarei exercendo minha manifestação, relatando os fatos, inclusive, com todo material que embasa esta nota, que demonstram toda a perseguição política que venho sofrendo por não atender pedidos ilícitos e imorais."

COM A PALAVRA, A CÂMARA MUNICIPAL DE TATUÍ

A equipe entrou em contato com a casa legislativa através do telefone disponibilizado no site oficial, mas não teve retorno até a publicação deste texto. O espaço está aberto para manifestação.

 VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo