segunda-feira, 11 de julho de 2022

Bolsonaro diz que fechará acordo com a Rússia para comprar Diesel

O Brasil pode enfrentar as sanções ocidentais, impostas a Moscou por sua invasão da Ucrânia

© Getty

Nesta segunda-feira (11), o presidente Jair Bolsonaro disse que um acordo foi fechado com Moscou para comprar diesel da Rússia após conversa com Vladimir Putin.

De acordo com informações da Reuters, Bolsonaro não deu detalhes da negociação e o Ministério de Minas e Energia não confirmou a informação divulgada pelo presidente.

Com a pressão da população para conter as subidas de preços nos combustíveis, Bolsonaro vem trançando estratégias para conseguir subir nas pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República, uma vez que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vem ampliando  vantagem e com chances de vencer em primeiro turno.

Com as mudanças na direção da Petrobras e cortes do ICMS nos Estados, alguns combustíveis tiveram pequena queda nos preços, mas o Diesel disparou e se tornou o combustível mais caro no país. Caminhoneiros passaram a criticar Bolsonaro e nos últimos meses vieram articulando greves e protestos contra o governo.

Até o momento, não está claro como o Brasil compraria diesel russo sem enfrentar as sanções ocidentais, impostas a Moscou por sua invasão da Ucrânia.

Bolsonaro ignorou os pedidos dos EUA e se encontrou com Putin poucos dias antes do início da guerra, e desde então disse que seu relacionamento com o líder russo permitiu que o Brasil mantivesse acesso a fertilizantes que são cruciais para o vasto setor de agronegócio do país.

Vale lembrar que o Brasil é um dos maiores produtores do mundo de combustíveis, incluindo o Diesel. 

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo