quinta-feira, 7 de julho de 2022

Câncer na bexiga: Os sintomas a que deve estar atento

Esteja atento!

© Shutterstock


O câncer de bexiga é o décimo tipo de câncer com maior incidência no mundo. O câncer de bexiga mais comum é o carcinoma urotelial, que afeta o tecido interior da bexiga e representa mais de 90% dos casos da doença. Geralmente, ele aparece como um tumor superficial e tende a se manter na mucosa e submucosa do órgão. 

O câncer de bexiga é o sétimo mais comum em homens, enquanto nas mulheres é o 11º tipo de câncer mais frequente. Além do sexo, características como idade e etnia também podem aumentar o risco de desenvolver a doença, pois pessoas brancas e mais velhas são os grupos mais afetados.

O câncer de bexiga pode ser um dos mais fatais, no entanto, quando é encontrado cedo, especialmente no primeiro ano, as probabilidades de sobreviver sobem para 95%. 

Isto significa que é muito importante estar atento a todos os sintomas anormais que possam surgir. Algo que se comprova, segundo o The Mirror, com a descida, para metade, das taxas de mortalidade desta doença, nos últimos trinta anos, devido à maior consciencialização para os seus sintomas. 

O sintoma mais comum - sentido por mais de 80% das pessoas com câncer na bexiga - é sangue na urina e quando acontece é essencial visitar urgentemente um médico. Existem muitas variações de cor a que deve estar atento já que a urina pode estar rosada, vermelha brilhante, acastanhada ou apenas levemente manchada com sangue. 

Outros sintomas a que deve estar atento:

  • Urinar com mais frequência do que o normal
  • Vontade repentina e imediata de urinar
  • Sensação de ardor enquanto urina
  • Dor na parte inferior do abdómen, no estômago ou nas costas 
  • Cansaço extremo
  • Perda de apetite 
  •  Dores nos ossos

Qualquer um destes sintomas pode dar o alerta para um problema mais sério e, por isso, é essencial ser acompanhado por um médico. 

 VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo