segunda-feira, 11 de julho de 2022

Datafolha: Fraude bancária em SP é mais comum entre quem ganha acima de R$ 6.000

 

O Datafolha ouviu 1.806 pessoas em 61 municípios de São Paulo, entre os dias 28 e 30 de junho. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

© Shutterstock


(FOLHAPRESS) - As fraudes bancárias são mais comuns entre quem recebe mais do que cinco salários mínimos (R$ 6.060).

De acordo com pesquisa Datafolha feita com moradores do estado de São Paulo, a incidência de golpes tende a cair de acordo com a renda da pessoa.
No cenário geral, 16% dos entrevistados já tiveram dinheiro desviado da conta bancária ou sofreram algum tipo de fraude. Mas, entre aqueles que recebem mais de dez salários mínimos, o número é dez pontos percentuais maior: 26%.

Já no grupo dos que recebem entre cinco e dez salários, 21% afirmam ter sido vítimas de crimes semelhantes.

Nas faixas de renda inferiores, a proporção recua. Das pessoas que ganham entre dois e cinco salários, por exemplo, 17% passaram por alguma fraude bancária. Entre os entrevistados que recebem menos de dois salários, 14% foram vítimas.

O Datafolha ouviu 1.806 pessoas em 61 municípios de São Paulo, entre os dias 28 e 30 de junho. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa também mostrou que, mesmo com um aumento nos casos de crimes cibernéticos e da maior sofisticação dos bandidos, a maioria das pessoas que foram vítimas de golpes envolvendo a conta bancária recuperaram o dinheiro perdido.

Daqueles que já tiveram algum valor desviado, 57% conseguiram ter a quantia de volta.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo