quarta-feira, 27 de julho de 2022

Participação de micro e pequenas empresas em compras públicas cresce 53% em 3 anos

Dados levantados pelo Sebrae no Painel de Compras do Governo Federal mostram que de 2018 para 2021 o volume movimentado passou de R$ 26,8 bilhões para R$ 41 bilhões, um salto de 53% já com a correção da inflação.

© Shutterstock


(FOLHAPRESS) - As micro e pequenas empresas turbinaram as vendas de bens e serviços para a administração pública em três anos. Dados levantados pelo Sebrae no Painel de Compras do Governo Federal mostram que de 2018 para 2021 o volume movimentado passou de R$ 26,8 bilhões para R$ 41 bilhões, um salto de 53% já com a correção da inflação.

As vendas também cresceram proporcionalmente em relação ao total: passaram de 21% em 2018 para 27% em 2021.

Os bens mais vendidos foram álcool etílico, com 1.306 contratos fechados por micro e pequenos empreendedores, fita adesiva, com 1.294 contratos, e luva para procedimento não cirúrgico, com 946.

Já os serviços mais procurados foram manutenção e reforma predial, com 750 contratos, serviços de engenharia, com 558, e pagamento de inscrição em eventos, com 503.

De acordo com os técnicos do Sebrae aumento está relacionado a uma série de facilidades tecnológicas e de ferramentas digitais que facilitaram o acesso. O pequeno e microempreendedor podem se cadastrar no portal Compras.gov.br até por aplicativo de celular. Por meio dele, tem acesso às licitações não só do governo federal, como de 3.243 municípios que participam por adesão aos certames da União.

Com essas facilidades, hoje, dos 452,5 mil fornecedores cadastrados no sistema, 67,7% são micro e pequenas empresas.

A partir desta terça-feira (26), o Sebrae promove o Transformar Juntos, evento que tem o objetivo de conectar os empreendedores aos principais parceiros da iniciativa pública e privada. A iniciativa conta com o apoio da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas (Atricon), do IRB (Instituto Rui Barbosa) e da Conamp (Associação Nacional dos Membros do Ministério Público).

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo