quinta-feira, 21 de julho de 2022

Russos teriam abatido por engano jato estrela da Força Aérea de Putin

A Força Aérea da Rússia ainda não se manifestou sobre o ocorrido

© REUTERS/Maxim Shemetov


SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Um caça-bombardeiro Sukhoi Su-34M, considerado um dos jatos mais tecnológicos da Força Aérea da Rússia, teria sido erroneamente abatido pelas próprias tropas do país na região leste da Ucrânia, um dos focos da guerra atualmente em curso no país.

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram dois momentos do abate por engano, que aconteceu na segunda-feira (18): um deles, divulgado pelo jornalista pró-Kremlin Yevgeny Poddubny, foca em uma "bola de fogo" no céu de Alchevsk, cidade localizada em Lugansk. "A bola de fogo ficou em queda por mais de um minuto", escreveu o jornalista no Telegram.

Horas depois, porém, os destroços - vistos em imagens publicadas por um perfil no Twitter que analisa armamento ucraniano - confirmaram que o avião derrubado em Alchevsk era o caça-bombardeiro russo.

O número de série identificou o jato como um dos mais recentes entregues aos russos pela fabricante Sukhoi. A Força Aérea da Rússia ainda não se manifestou sobre o ocorrido.

De acordo com a Forbes, em maio de 2020, o Kremlin fechou um contrato com a Sukhoi para receber 76 caças Su-34Ms até 2027, com uma entrega prevista de 8 a 14 aviões anualmente. Cada uma das aeronaves custa certa de US$ 50 milhões.

Ainda de acordo com a Forbes, este é o 11º Su-34M perdido na guerra na Ucrânia pelos russos até o momento - mas, desta vez, pelas próprias forças armadas de Vladimir Putin.

O caça, considerado crucial para a Força Aérea russa, pode atingir alvos a mais de 900 km enquanto transporta 12 toneladas de bombas e mísseis. Ele é equipado com foguetes supersônicos e tem sensores de alta precisão.

 VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo