terça-feira, 18 de agosto de 2020

Região Sul poderá ter neve a partir de quinta-feira

Com a umidade remanescente da frente polar, parte dos três estados poderão registrar queda de neve.

© Reuters


A entrada de uma massa de ar frio, de origem polar, na Região Sul do país vai causar uma forte queda na temperatura nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná a partir de amanhã (19).


Com a umidade remanescente da frente polar, parte dos três estados poderão registrar queda de neve a partir da quinta-feira (20). Há ainda a previsão de fortes temporais no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina a partir da tarde de hoje (18). As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

A neve poderá ocorrer nas regiões serranas do Rio Grande do Sul; no Oeste, Sul, Meio-Oeste e Planalto Norte de Santa Catarina; e áreas do Sul e Sudoeste do Paraná, entre o fim de tarde e a noite da quinta-feira até sábado (22).
A partir da sexta-feira (21), o frio deverá avançar rapidamente sobre o Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, sul de Minas Gerais, Mato Grosso, sul de Goiás, Rondônia, Acre e sul do Amazonas, promovendo também declínio de temperatura bastante acentuado nesses estados.
De acordo com o Inmet, há previsão de geada no amanhecer da sexta-feira (21) no Rio Grande do Sul e no oeste de Santa Catarina.
No sábado, as geadas poderão ocorrer de forma mais generalizada no oeste dos estados da Região Sul e também no sul do Mato do Grosso do Sul e na região sudoeste de São Paulo.
De acordo com o instituto, os temporais que atingiram o estado de Santa Catarina na última sexta-feira poderão ocorrer novamente na região, especialmente na tarde de hoje (18). Imagens de satélite indicam áreas com a presença de nuvens convectivas intensas, capazes de causar tempestades, sobre o norte do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.
Temporais, com chuvas intensas, ventos de rajadas e queda de granizo, poderão ocorrer também, entre hoje e amanhã, no sul de Mato Grosso Sul, sul de São Paulo e Paraná.
Com informação: Agência Brasil
VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo