sexta-feira, 25 de março de 2022

Assembleia-Geral da ONU aprova 2ª resolução condenando invasão da Ucrânia

A resolução teve apoio do Brasil

© Getty

WASHINGTON, EUA (FOLHAPRESS) - A Assembleia-Geral da ONU aprovou nesta quinta (24) uma segunda resolução condenando a invasão da Ucrânia pela Rússia e pedindo o fim do cerco à cidades.

O documento teve 140 votos de países a favor, 5 contra e 38 abstenções. Em 2 de março, quando a primeira resolução foi aprovada, o placar havia sido parecido: 141 a favor, cinco contra e 35 abstenções.

O Brasil votou a favor nos dois casos. Em ambas as votações a China se absteve, e as posições contrárias vieram de Rússia, Belarus, Síria, Coreia do Norte e Eritreia.

A resolução desta quinta pede a proteção de civis e o fim do cerco a cidades ucranianas, especialmente Mariupol. A ONU, porém, não tem meios para cobrar na prática o cumprimento dos pedidos aprovados no texto.

Apenas o Conselho de Segurança pode autorizar ações, e a Rússia, por ser um membro permanente do colegiado, pode vetar medidas contra seus interesses -como, aliás, já fez. Isso tem travado a atuação da ONU no conflito.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo