quarta-feira, 2 de março de 2022

Boris Johnson acusa Putin de 'crime de guerra' e pede voto contra Rússia na ONU

O Reino Unido alerta há dias que Putin e seus comandantes podem ser investigados pelo Tribunal Penal Internacional (TPI) de Haia

© Reuters

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, acusou o presidente russo, Vladimir Putin, de cometer "crime de guerra" e pediu aos Estados-membros da ONU que condenem a invasão da Ucrânia por parte da Rússia.

"O que já vimos do regime de Vladimir Putin no uso de munições contra civis inocentes, na minha opinião, já se qualifica como crime de guerra", disse Johnson ao parlamento britânico, nesta quarta-feira (2).

O Reino Unido alerta há dias que Putin e seus comandantes podem ser investigados pelo Tribunal Penal Internacional (TPI) de Haia, que já recebeu pedidos para abertura de processo.

Johnson também fez um apelo para a votação na Assembleia-Geral da ONU, prevista para esta quarta-feira, em Nova York.

"Pedimos a todas as nações que se unam a nós para condenar a Rússia e exigir que Putin leve seus tanques de volta para casa", afirmou.

"Se, em vez disso, Putin redobrar seus esforços, continuaremos aumentando a pressão econômica", concluiu Johnson.

 VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo