terça-feira, 5 de julho de 2022

Conheça a dopamine dressing, moda 'feliz' e repleta de cores vibrantes

É a dopamine dressing, tendência de moda que faz uma referência à dopamina, o neurotransmissor que promove a sensação de felicidade.

© Divulgação

(FOLHAPRESS) - No primeiro inverno pós-pandemia, a felicidade de poder voltar às ruas e celebrar a vida vem escancarada nas cores vibrantes e no brilho das roupas de quem saiu das trevas do isolamento social. É a dopamine dressing, tendência de moda que faz uma referência à dopamina, o neurotransmissor que promove a sensação de felicidade.

"Sempre que o mundo passa por grandes crises, como guerras e a pandemia, a moda reflete o inverso nas passarelas, é como uma válvula de escape", diz a professora das faculdades de moda do Senac e da Faap, Edilma Queiroz.

Ela explica que a dopamine dressing tem tudo a ver com esse momento de volta à liberdade: as pessoas querem se expor, liberar as emoções. Estão em busca de bem-estar. "A moda sai daquela coisa soturna, do preto, e dá uma explosão de cores e formas, de alegria, justamente para contrapor esse momento, que foi difícil. É algo como 'eu vou celebrar a vida novamente'", afirma.

O consultor de moda e apresentador Arlindo Grund dá mais detalhes sobre essa tendência. Ele explica que, seguindo o mesmo raciocínio, estão em alta as roupas com estampas mais lúdicas para crianças. Nos adultos, looks monocromáticos vieram com força, inclusive nos acessórios. Na paleta de cores, pink, azul cobalto e lima -um tom acima do tristinho pistache do inverno passado.

"A dopamine nada mais é que o reflexo do que as pessoas estão querendo, essa necessidade de extravasar", diz Grund. Ele acrescenta que misturas outrora consideradas verdadeiras transgressões fashion agora são muito bem-vindas. Roupa esportiva com alfaiataria? Pode. Ou melhor, deve. E se forem em cores vibrantes, melhor ainda.

Grund afirma que essa tendência ganhou força com os experimentos feitos em casa durante a pandemia, misturando peças do guarda-roupa, o famoso deixa-eu-lembrar-o-que-tenho-no-armário. "Um casaco de moletom de touca dá para usar com blazer lindamente, com o capuz para fora. Vai dar um estilo, uma bossa diferente", arrisca.

A stylist Marcia Jorge vai além e inclui os brilhos a essa nova tendência da moda. Quer exaltação maior à felicidade do que roupas e acessórios metalizados, em lurex, paetês e strass?. A ideia, segundo Marcia, é que sejam usados looks completos com essa vibe "cheguei" - inclusive durante o dia.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo