quarta-feira, 20 de julho de 2022

E-commerce vendeu R$ 73,5 bilhões no 1º semestre, afirma ABComm

 

Segundo a base de dados da associação, o número representa um crescimento de 5% em relação ao mesmo período de 2021. Para o segundo semestre do ano, a projeção é de R$ 91,5 bilhões em vendas.

© Shutterstock

A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) aponta um faturamento de R$ 73,5 bilhões para o comércio eletrônico brasileiro no primeiro semestre de 2022. Segundo a base de dados da associação, o número representa um crescimento de 5% em relação ao mesmo período de 2021. Para o segundo semestre do ano, a projeção é de R$ 91,5 bilhões em vendas.

Se o projetado para a segunda metade do ano se cumprir, 2022 deve terminar com R$ 165 bilhões em faturamento para o setor. O montante ficaria abaixo do total estimado no início do ano, de R$ 169,6 bilhões, e acima dos R$ 150,8 bilhões registrados pela instituição em 2021

Para Alexandre Crivellaro, diretor de inteligência de mercado da ABComm, os fatores que impactam o comércio eletrônico giram em torno do custo do frete e aumento dos juros. "Ao passo que os números nos mostram crescimento, ainda devemos levar em conta a baixa confiança do consumidor frente a esse momento econômico que enfrentamos. Em se tratando dos varejistas, há o custo do frete. E os reajustes das taxas cobradas pelos marketplaces, que empurram o preço final para cima, afetam o consumidor diretamente. Além disso, a taxa de endividamento das famílias pode impactar as vendas", diz.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo