segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Padrasto é acusado de estuprar e matar menino de 2 anos em Goiânia

A mãe da criança acabou sendo presa por abandono de incapaz

@Reprodução

Neste domingo (3), um menino de dois anos foi supostamente morto pelo padrasto. Segundo a perícia, a causa da morte foi asfixia, mas ele também tinha sinais de agressão e abuso sexual.

De acordo com informações do site 'G1', a mãe da criança, de 21 anos, foi presa e seu companheiro, um adolescente de 17 anos, foi apreendido suspeito do ato infracional.
A jovem contou que foi para a casa de uma amiga e depois recebeu uma ligação de seu companheiro informando que o menino estava passando mal. Ao chegar no local, a criança já estava sendo atendida pelos bombeiros.
Para a polícia, a mãe do menino disse que o namorado agredia o filho, mas ela achou que ele tinha mudado e que nunca mataria o filho dela. “Aconteceu sim [agressões], mordidas, duas vezes, aí ele parou. Nesse dia agora [da morte] aconteceu novamente. Pra mim ele tinha mudado, ele falou que não ia fazer mais, acreditei nele e quebrei a cara. Ele me falava que as mordidas não eram pra machucar, mas que era carinho. No fundo não acreditava, mas deixei passar porque esperava que ele ia mudar”, afirmou a jovem.  
Segundo o delegado Hellyton Carvalho, ela vai responder por abandono de incapaz e deve passar por audiência de custódia para saber se continuará presa. O adolescente negou o crime, mas, em depoimento formal, ficou em silêncio. Ele foi autuado pelo ato infracional equivalente a homicídio qualificado e estupro de vulnerável.
VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo