terça-feira, 19 de novembro de 2019

Sobe para dois o número de mortos após queda de ponte na França

Bombeiros, socorristas, polícias e equipes de mergulhadores, apoiados por três helicópteros, foram enviados para o local para tentar resgatar pessoas desaparecidas

@DR
O número de mortes devido à queda de uma ponte suspensa na cidade de Mirepoix sur Tarn, perto de Toulouse, no sul da França, subiu para dois, anunciou hoje Éric Oget, autarca local, acrescentando que não existem desaparecidos. Ele confirmou a morte de um motorista de um caminhão que estava atravessando a ponte no momento da queda, explicando que o corpo ainda não tinha sido retirado do veículo cerca das 20:00 locais.

O corpo de um adolescente de 15 anos, que seguia numa das viaturas que caíram ao rio Tarn, também já tinha sido recuperado, com outras quatro pessoas sendo resgatadas da água com vida.
Bombeiros, socorristas, polícias e equipes de mergulhadores, apoiados por três helicópteros, foram enviados para o local para tentar resgatar pessoas desaparecidas.
Após a descoberta do segundo corpo, Oget confirmou que não havia mais pessoas desaparecidas.
O autarca explicou que a ponte, de estrutura metálica, foi construída na década de 1930 e foi sujeita a "monitorizações regulares", a última das quais em 2017.
O Ministério Público de Toulouse abriu um inquérito judicial para investigar as causas do colapso.
"É muito cedo para dizer se a ponte apresentava riscos ou não", acrescentou a procuradora Karline Bouisset. Por sua vez, o autarca local indicou que esta era uma ponte muito utilizada. "Eram efetuadas revisões regulares, a ponte não apresentava nenhum problema em particular", disse Éric Oget.
Segundo fontes do jornal local La Dêpeche du Midi, a ponte, com cerca de 150 metros de comprimento e cinco metros de largura, entrou caiu por volta das 8:00 locais (4:00 am no Brasil), quando um veículo com peso acima do permitido tentou atravessar.
VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo