segunda-feira, 14 de março de 2022

Justiça manda Bolsonaro e Petrobras se manifestarem sobre aumento do combustível

A intimação foi feita nesta sexta-feira, 11, pela juíza Flávia de Macedo Nolasco, da 9a Vara Federal Cível do Distrito Federal

© Getty

A Justiça Federal deu 72 horas para o governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) se manifestar em uma ação que contesta o aumento do preço de combustíveis.

A intimação foi feita nesta sexta-feira, 11, pela juíza Flávia de Macedo Nolasco, da 9a Vara Federal Cível do Distrito Federal, em processo movido pelo Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas (CNTRC) para suspender o reajuste em todo o País.

Além da Advocacia-Geral da União (AGU), o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, e a própria estatal também devem se posicionar.

A entidade diz que a política de preço do combustível não poderia ser atrelada ao valor internacional do barril de petróleo e que a opção prejudica o consumidor.

 VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo