domingo, 13 de março de 2022

Ucrânia acusa Rússia de bombardear mesquita com civis em Mariupol

A acusação foi feita pelo Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia, que não deu informações sobre mortos ou feridos.

© Reuters


SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Ucrânia acusa a Rússia de bombardear uma mesquita na cidade de Mariupol, no sul do país, onde estariam mais de 80 adultos e crianças, incluindo cidadãos turcos, neste sábado (12).


A acusação foi feita pelo Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia, que não deu informações sobre mortos ou feridos. Ainda não foi possível confirmar o bombardeio. O governo Vladimir Zelenski acusa a Rússia de se recusar a permitir que civis saiam de Mariupol, enquanto a Rússia culpa a Ucrânia pelo fracasso em retirar a população.


"A mesquita do sultão Suleiman, o Magnífico, e sua esposa Roxolana (Hurrém Sultana) em Mariupol foi bombardeada por invasores russos", disse o governo no Twitter. "Mais de 80 adultos e crianças se escondem do bombardeio no local, incluindo cidadãos da Turquia."
O Ministério das Relações Exteriores da Turquia disse à agência AFP que não tinha informações sobre o caso.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo