quarta-feira, 6 de novembro de 2019

Cachorrinho morre de ataque cardíaco por medo de fogos-de-artifício

Donos de animais se queixam do impacto do barulho em cães e gatos

@DR
A dona de um cachorro de apenas 18 semanas de vida garante que o pequeno animal morreu por causa de um ataque cardíaco causado pelo medo do barulho de fogos-de-artifício. Susan Paterson, a dona do terrier, diz que o animal "morreu de medo" por causa das "explosões barulhentas" que se ouviram na área de Wombwell, em South Yorkshire, Inglaterra.

A mulher recorreu às redes sociais para denunciar o caso. "Pensem nos animais. A Molly tinha 18 semanas de idade e morreu assustada com os fogos-de-artifício", escreveu, solicitando às pessoas que assinem a petição que pede uma revisão das leis sobre uso de material pirotécnico.
A petição já conta com mais de 530 mil assinaturas.
De acordo com a Sky News, a RSPCA, maior associação de apoio animal do Reino Unido, recebeu desde 2014 mais de 2.200 queixas por causa do uso de fogos-de-artifício e do seu impacto nos animais.
Veja o vídeo de um Border Collie a tremer de medo depois de ouvir o barulho dos fogos-de-artifício. O vídeo foi filmado na Escócia e publicado nas redes sociais pela dona, Karen Palmer, que o tenta acalmar.


Uma sondagem feita pela associação revelou que 62% dos donos de cães indicaram que o seu animal mostra sinais de stress e sofrimento em épocas do ano em que se ouvem fogos-de-artifício. No caso dos gatos a é percentagem é de 54%.


VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo