terça-feira, 19 de novembro de 2019

Decretada prisão de suspeito de oferecer bebida envenenada em Barueri

Justiça decreta prisão de suspeito de oferecer bebida envenenada em Barueri

 @Divulgação / Secom Prefeitura Barueri
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Justiça de São Paulo decretou nesta terça-feira (19) a prisão temporária por 30 dias de Vinicius Salles Cardoso, 31 anos, um dos quatro sobreviventes do caso envolvendo moradores de rua mortos em Barueri (Grande São Paulo).

A Polícia Civil investiga a morte de quatro homens que ingeriram uma bebida na manhã do último sábado (16), em uma praça na avenida Campos Salles. Os policiais apuram se houve envenenamento.
Outras quatro pessoas, entre elas uma mulher, ingeriram o líquido, mas sobreviveram. Cardoso, que também foi hospitalizado, foi quem teria oferecido a bebida às vítimas.
De sábado para cá, ele duas versões distintas, segundo a polícia. Na primeira, afirmou que ganhou uma garrafa de um motorista a quem pediu esmola na região da cracolândia (centro da capital paulista) na noite de sexta-feira. Também disse que foi até Barueri e que lá dividiu o líquido com as pessoas que estavam na praça. 
Na nova versão, ele afirmou que encontrou a garrafa em uma rua de Barueri. 
A polícia aguarda resultados de perícia no líquido que sobrou na garrafa e de laudos do IML (Instituto Médico Legal) para apontar o que provocou as quatro mortes. Na segunda-feira (18), sobreviventes afirmaram que não misturaram etanol ou diesel no líquido.
As demais vítimas permanecem internadas com sintomas de intoxicação no Hospital Municipal Doutor Francisco Moran. Segundo boletim médico divulgado na manhã desta terça, "os pacientes permanecem em estado regular e estável". A prefeitura não respondeu a previsão de alta.
O promotor de Justiça Vitor Petri, do Tribunal do Júri do Fórum de Barueri, foi designado nesta terça-feira (19) pela Procuradoria-Geral da Justiça de São Paulo para acompanhar a investigação do caso, junto à Polícia Civil, que está sendo comandado pelo delegado Anderson Pires Giampaoli.
VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo