segunda-feira, 8 de novembro de 2021

Pandemia já causou pelo menos 5.042.330 mortos em todo o mundo

Os números são baseados em relatórios transmitidos diariamente pelas autoridades sanitárias de cada país

© Lusa


A pandemia de covid-19 causou pelo menos 5.042.330 mortos em todo o mundo, desde o início da doença em finais de dezembro de 2019, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse (AFP).

Mais de 249.431.180 casos de infecção foram oficialmente diagnosticados desde o início da epidemia e, "embora a grande maioria dos pacientes recupere, uma parte, ainda mal avaliada, mantém os sintomas por semanas ou até meses".

Os números são baseados em relatórios transmitidos diariamente pelas autoridades sanitárias de cada país, mas excluem as revisões efetuadas à posteriori por determinados organismos de estatística, que concluem ter havido um número muito superior de óbitos.

A OMS chegou a calcular, tendo em consideração o excesso de mortalidade direta e indiretamente relacionado com a covid-19, que os números da pandemia podem ser duas a três vezes superiores ao dos dados oficiais.

Uma proporção significativa dos casos menos graves ou assintomáticos também permanece sem contabilização, apesar do aumento do rastreamento da doença em muitos países.

No sábado, foram registadas 6.306 mortes e 411.296 novos casos em todo o mundo. Os países que atingiram o maior número de mortes são a Rússia, com 1.179, Índia (506) e Ucrânia (449).

Os Estados Unidos são o país mais afetado em número de mortes e casos, com 754.279 vítimas e 46.461.779 casos, a avaliar pela contagem da Universidade John Hopkins.

A seguir aos Estados Unidos, os países mais afetados são o Brasil, com 609.388 mortes e 21.874.324 casos, a Índia com 460.791 mortes (34.355.536 casos), México, com 289.674 mortes (3.825.404 casos) e a Rússia, com 246.814 mortos (8.795.095 casos).

Entre os países mais atingidos, o Peru é o que exibe o maior número de mortes em relação à sua população, com 608 mortes por 100 mil habitantes, seguido pela Bulgária (359), Bósnia (357), Macedónia do Norte (346), Montenegro (342) e Hungria (323).

A América Latina e o Caribe totalizam 1.525.388 mortes para 46.084.819 casos contabilizados até ao momento, Europa 1.424.434 mortes (76.202.176 casos), Ásia 876.875 mortes (56.130.911 casos), Estados Unidos e Canadá 783.411 mortes (48.189.463 casos), África 219.336 mortes (8.531.449 casos), Médio Oriente 209.980 mortes (14.024.411 casos) e Oceânia 2.906 mortes (267.951 casos).

Esta avaliação foi efetuada a partir de dados recolhidos pela AFP junto das diversas autoridades nacionais competentes e informações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

 Via...Notícias ao Minuto  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo