terça-feira, 31 de maio de 2022

OMS: vírus da covid continua a se disseminar em nível bastante intenso, diz líder

 

Maria Van Kerkhove disse que a OMS espera reportar um recuo nos casos semanais da doença, no levantamento mais recente

© REUTERS/Eric Gaillard

Líder técnica da resposta à pandemia de covid-19 na Organização Mundial da Saúde (OMS), Maria Van Kerkhove alertou nesta terça-feira, 31, para o fato de que o vírus "continua a se disseminar em nível bastante intenso" pelo mundo. Durante sessão de perguntas e respostas da entidade, ela destacou o fato de que há uma queda no número de testes para a doença, o que dificulta o trabalho de monitorá-la e sequenciar os vírus, a fim de verificar a ocorrência de novas variantes ou subvariantes e sua disseminação.

Kerkhove disse que a OMS espera reportar um recuo nos casos semanais da doença, no levantamento mais recente, porém reforçou que o movimento ocorre diante de uma queda nos testes. "Isso dificulta nosso trabalho para avaliar quão intenso está o vírus", comentou, apontando que "não podemos sequenciar se não testamos". Mesmo com a provável subnotificação, ela ressaltou o fato de que há ao menos 10 mil mortes por semana no mundo pela doença, com milhões de novos casos também registrados a cada semana.

Europa

Na Europa, Kerkhove disse que deve haver disseminação do vírus e mais casos em breve, com o verão local e mais pessoas socializando. Ela comentou que alguns países ainda assim se saem bem, mas pediu que seja levado em conta que em várias outras nações a covid-19 "ainda devasta sociedades". A autoridade mencionou também o caso da África do Sul como um quadro positivo recente, após o país aparentemente ter superado um pico de infecções pela doença, sem atingir um pico de hospitalizações, graças ao nível de imunizados.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo