sábado, 7 de maio de 2022

Jacarezinho: mais 2 policiais são denunciados após morte de 28 pessoas

 

Na ação, 28 pessoas morreram, sendo um policial da corporação

© Shutterstock - imagem ilustrativa


Mais dois policiais civis foram denunciados à Justiça pelo Ministério Público do Rio de Janeiro. Eles são acusados de dois assassinatos durante operação na favela do Jacarezinho, em maio de 2021. Na ação, 28 pessoas morreram, sendo um policial da corporação.

Segundo o MP, os agentes são acusados de matar Richard Gabriel da Silva Ferreira e Isaac Pinheiro de Oliveira, que já estavam feridos e foram novamente baleados em uma casa na comunidade, onde estavam escondidos.

Os policiais civis também são responsabilizados de fraude processual e de forjar o cenário do crime. Eles apresentaram à delegacia, pistolas e uma granada com uma alegação falsa de que estavam com as vítimas.

Ainda de acordo com a denúncia, feita nessa quinta-feira, não havia nenhum refém com Richard e Isaac e eles não resistiram aos policiais. Mesmo assim, foram mortos. A perícia teria comprovado que não houve troca de tiros dentro da casa.

Esta e outras duas denúncias foram feitas pela Força Tarefa Jacarezinho, instituída pelo Ministério Público, dias após a operação policial, considerada a mais letal da história do Rio de Janeiro.

Uma delas também foi contra dois policiais civis pelo homicídio de Omar Pereira da Silva, que, foi morto depois de já estar encurralado. E outra contra dois suspeitos de integrar a quadrilha que domina a venda de drogas na favela, pelo assassinato do inspetor André Leonardo de Mello Frias e por 11 tentativas de homicídios contra policiais.

Dez procedimentos de investigação foram arquivados porque o MP não encontrou evidências para indicar a prática de crimes por parte de policiais. Essa foi a última denúncia oferecida pela força-tarefa, que encerrou suas atividades. Este ano, já foi realizada busca ativa com 161 testemunhas, sendo 72 pessoas ouvidas nas investigações.

 VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo