sexta-feira, 6 de maio de 2022

Lula diz que universidades têm 'a cara do Brasil' e promete volta dos Brics

 

Os Brics é o grupo de países de mercado emergente, formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul

© Getty Images


SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) defendeu nesta quinta-feira (5) a inclusão nas universidades, e apontou o papel dos governos do Partido dos Trabalhadores na mudança de perfil dos estudantes do ensino superior, bem como no aumento de faculdades no interior do país. Segundo o petista, as pessoas "precisavam de oportunidade" e atualmente os centros de ensino têm "a cara do Brasil".

"Com FIES e Prouni, passamos de 3,5 milhões de alunos para 8 milhões. Pela primeira vez com 51% de estudantes negros. Hoje você entra numa universidade, você vê a cara do Brasil. Antes você não via a cara do Brasil, você via a cara da elite brasileira. Por isso eu sou um homem feliz e por isso nós precisamos voltar a governar esse país", disse.

Mariana Durães

O ex-ministro da Educação do governo Lula e ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) reforçou os argumentos de Lula sobre a elitização do ensino universitário antes das gestões petistas.

"As universidades brasileiras foram fundadas agora, com vocês dentro. Por que enquanto vocês estavam fora, não era universidade", disse. E completou: "a universidade brasileira, até outro dia, até esse homem [aponta para Lula] chegar, era o povo pobre pagando imposto, para o rico estudar de graça. Essa era a história da universidade brasileira."

VOLTA DOS BRICS

O ex-presidente Lula também prometeu a volta dos Brics - grupo de países de mercado emergente, formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. O petista defendeu que o Brasil fortaleça a sua relação com estes países porque este é um "bloco poderoso".

Segundo Lula, o grupo "avançou até quando a Dilma estava no governo", e se fragilizou com a guerra entre Rússia e Ucrânia. Para ele, o bloco é a "possibilidade da gente mudar um pouco a ordem econômica mundial".

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo